Dicas: cachorro tem gripe como a dos humanos?

Os cães podem ser contaminados pela gripe de diferentes maneiras e, na maioria das vezes, não é difícil identificar.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Saiba como identificar e de que maneira agir quando o seu cachorro tem gripe.

Muito comuns aos seres humanos, as gripes e resfriados aparecem bastante nas épocas em que as temperaturas são baixas e secas e, na maioria das vezes, são facilmente tratadas. No entanto, o que muitos não sabem é que os animais também sofrem com este tipo de ocorrência ao longo da vida.

Os cães podem ser contaminados pelo problema de diferentes maneiras e, na maioria das vezes, não é difícil identificar quando um cachorro tem gripe, já que os seus sintomas se apresentam de forma similar como das pessoas. Fatores que incluem friagem, ventos fortes e gelados e a temperatura muito baixa também influenciam na aparição da gripe canina; no entanto, o vírus da Parainfluenza Canina e do Adenovirus Tipo II, além da bactéria Bordetella Bronchiséptic, também podem ser tidos como agentes da doença, e provocar, inclusive, a famosa Tosse dos Canis.

Em todos os casos, os sinais são bastante característicos, e destacam a tosse seca (que dá a impressão de que o animal está engasgado com alguma coisa.

Espirros, secreções nasais e a expectoração de uma espuma branca pela boca também são ocorrências frequentes nos cães gripados. Porém, nos casos em que a doença ganha mais força, ela pode ser responsável por gerar uma série de outras complicações para a saúde do animal; podendo até transformar-se em uma pneumonia – que é muito mais difícil de ser tratada e pode levar o animal ao óbito.

Os cães com uma propensão maior a desenvolver casos mais graves da gripe e da tosse canina são os filhotes, os idosos e os que, por algum motivo, tenham problemas de imunização. Além destes, os cachorros de raças braquicefálicas (de focinho mais curto) também têm uma predisposição maior a enfrentar problemas sérios durante uma gripe; já que contam com uma capacidade menor de "filtrar" o que é respirado pelo nariz até que o ar chegue ao seu pulmão, levando mais impurezas e bactérias para seu corpo.

Conforme a doença se desenvolve e se torna mais agressiva, sintomas como febre, secreções oculares, falta de apetite e apatia, entre outros, começam a aparecer – sendo que, se a doença não for tratada de maneira correta, esse quadro pode evoluir para a pneumonia. Com isso em mente, fica claro que, ao notar qualquer sinal de gripe no seu cãozinho, a melhor pedida é correr para uma clínica veterinária – onde ele poderá ser avaliado por um profissional e, se for necessário, medicado.

Embora haja casos em que a doença pode trazer graves consequências (incluindo a morte do animal), esse tipo de situação acontece, principalmente, em função do não tratamento do animal e, na grande maioria dos casos, os cachorros com gripe são facilmente curados – exigindo apenas alguns cuidados como ficar longe de friagens e a administração de antibióticos (que devem ser receitados por um médico veterinário) e anti-inflamatórios.

ATENÇÃO: Esse conteúdo é meramente informativo e não substitui a consulta a um médico veterinário ou serviço especializado.

Fonte: Cachorro Gato

 

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Mais Dicas

Comentários

meu dog alemão foi diagnosticado há 2 meses com leishimaniose, apresentou apenas...
Sábado, 29 Abr 2017, 22:46   
meu dog alemão foi diagnosticado há 2meses com leishimaniose, apresentou apenas...
Sábado, 29 Abr 2017, 22:37   
Tenho um chow-Chow quero doar estou sem condições de tratar dele por motivo fina...
Sábado, 29 Abr 2017, 15:56   
Quero entregar um chow chow pra doação,ele é manso, carinhoso e não estou com co...
Sábado, 29 Abr 2017, 15:52   
Excelente explicação! gostei
http://comocuidardecachorro.com
Quinta, 27 Abr 2017, 16:11   
Parceiros Colaboradores
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • Clin Pet Veterinária
  • Hotel Pet Arca de Noé
  • JC Adestrador

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...