Primeiros cuidados após adotar ou resgatar um animal

Quando adotamos ou resgatamos filhotes ou animais adultos, muitos podem trazer algumas surpresas já aparentes como nos casos de sarnas, micoses, pulgas e carrapatos ou mesmo encubando alguma doença que em um primeiro momento não podem ser diagnosticadas a olho nú ou por um leigo.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Se adotar ou resgatar um animal, não se esqueça de levar ao veterinário para exames e primeiras orientações.

Quando adotamos ou resgatamos filhotes ou animais adultos, muitos podem trazer algumas surpresas já aparentes como nos casos de sarnas, micoses, pulgas e carrapatos ou mesmo encubando alguma doença que em um primeiro momento não podem ser diagnosticadas a olho nú ou por um leigo.

Uma consulta com o seu Médico Veterinário nos primeiros dias de convívio com o seu novo amigo, pode identificar essas doenças pelo exame clínico ou com auxílio de exames e tratá-los, evitando um mal maior ou a perda do filhote principalmente nos casos das viroses como cinomose, parvovirose ou mesmo da doença do carrapato.

Atenção com as principais doenças e parasitas

  • Verme Intestinais: Quase todos os filhotes e cães de rua tem, causando vômitos,diarreias perda de peso ou crescimento inadequado e mesmo levar a morte principalmente em jovens muitos jovens. Os parasitas mais comuns são a toxocara, ancylostoma (bicho geográfico), giárdia e coccidia e dyplidium. Exame de fezes, ou de sangue podem identificar esses parasitas e orientar o tratamento adequado.
  • Pulgas e Carrapatos: Muito comum em filhotes e cães de rua e pode ser considerado comum em todo Brasil, levando a coceira e algumas doenças Erlichiose, Babesiose e Anaplasmose. O controle é feito com antiparasitários (Revolutiom, Frontline, Max 3, Advanced entre outros) e com controle ambiental (dedetização).
  • Sarnas e Fungos (micoses): São doenças contagiosas de animal para animal e também para pessoas. A sarna causa muita coceira com lesões nas extremidades do corpo como pontas de orelhas, focinho, cotovelos e pés podendo tomar todo o corpo do animal. Já a micose ou fungo pode acometer cães e gatos contaminando animais e pessoas. O tratamento é a base de medicamento oral pomadas e xampus.
  • Cinomose: Virose altamente contagiosa podendo ser fatal. Não é uma zoonose, ou seja, não passa para as pessoas. A transmissão ocorre pelo contato direto entre animais. Assim todo filhote a partir de 45 dias de idade deve ser vacinado. Os sintomas são desde corrimento nasal e secreção ocular como se estivessem gripados até falta de apetite, perda de peso, tosse com catarro e convulsões.
  • Parvovirose: Outra virose contagiosa que atinge cães com até 6 meses de idade. Pode ser fatal com uma taxa de mortalidade alta em torno de 80%, principalmente em animais jovens, causando diarreia, vômitos e desidratação. O vírus é transmitido pelo ar e objetos contaminados com fezes e secreções e pode resistir por vários dias no ambiente. Para seu controle existe a vacina polivalente que deve ser feito em todo filhote antes de ficar doente. Quando doente o animal deve ser internado para receber soro na veia e tratamento de suporte.
  • Doenças do Carrapato – Erlichiose, Babesiose e Febre Maculosa: São doenças transmitidas por carrapatos. O cão doente tem febre, apatia, perda de apetite, hematomas pelo corpo e sangramento espontâneo pelo nariz, nos machucados que não cicatrizam na urina entre outros. As gengivas ficam pálidas e podem ter anemia crônica. O tratamento deve ser feito com antibiótico e as vezes com imunossupressores. Quanto antes fizer o diagnóstico, mesmo sem sintomas,melhor o prognóstico e a chance de cura.

Se adotar um filhote ou mesmo cão adulto, não se esqueça de levar ao veterinário para exames e primeiras orientações de cuidados e manejo. Muitas vezes nessa primeira avaliação detectamos pequenos problemas que se resolvidos a tempo não comprometem a saúde do seu novo amigo.

Para adotar um amiguinho em Teresina, PI, conheça o abrigo de animais carentes da APIPA.

CNPJ: 10.216.609/0001-56 | APIPA® - ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PROTEÇÃO E AMOR AOS ANIMAIS
Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai (próximo à UNINOVAFAPI)
Teresina, PI - CEP 64073-167 - (86) 98846-8020 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - MAPA
Horário de visitação: das 14 às 16 horas, todos os dias, inclusive feriados.

Com informações do Blog Pet Care

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Mais Dicas

Comentários

quero adotar um pinche, se voces tiverem
Quinta, 22 Jun 2017, 8:29   
Sr. Jorge, se a situação do animal é grave e se ninguém o socorreu, provavelment...
Segunda, 19 Jun 2017, 5:45   
Preciso que alguém resgate uma cachorrinha que foi atropelada na avenida Itararé...
Domingo, 18 Jun 2017, 14:13   
Sra. RAQUEL, não perca tempo, denuncie. Junte o que puder, fotos, vídeos, testem...
Quinta, 15 Jun 2017, 5:16   
Boa tarde!
Me sentindo revoltada!
Tenho há tres anos sete gatos na minha resid...
Quarta, 14 Jun 2017, 13:43   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • Hotel Pet Arca de Noé
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...