gototopgototop

APIPA

Mon21042014

Atualizado12:21:12

Back Notícias Publicações da APIPA No Brasil Ônibus do Animal: Unidade móvel de castração gratuita em Sorocaba (SP)

Ônibus do Animal: Unidade móvel de castração gratuita em Sorocaba (SP)

(1 voto, média de 5.00 em 5)

O principal objetivo será a castração gratuita de cães e gatos. (Foto: Divulgação / Cruzeiro do Sul)O principal objetivo será a castração gratuita de cães e gatos. (Foto: Divulgação / Cruzeiro do Sul)A partir do segundo semestre deste ano, Sorocaba deverá contar com uma unidade móvel a fim garantir a castração gratuita de cães e gatos de tutores de baixa renda. A informação é da própria Secretaria de Saúde (SES), que especificou que o processo licitatório deverá ser aberto em trinta dias.

O problema de animais abandonados nas ruas da cidade vem sendo combatido, já há três anos, com o programa de controle animal desenvolvido pela Prefeitura de Sorocaba por meio da Seção de Controle de Zoonoses, da Secretaria da Saúde (SES), e que na última segunda-feira ampliou a área de atuação para mais oito bairros da Zona Norte: Parque Vitória Régia, Jardim Bonsucesso, Conjunto Habitacional Ulysses Guimarães, Sorocaba Park, Conjunto Habitacional Herbert de Souza, Jardim Santa Catarina, Jardim Cardoso e Jardim Palmeiras. Com isso, apenas as regiões do Parque São Bento e Habiteto ainda não foram inseridas no serviço de castração gratuita de cães e gatos.

De acordo com a informação enviada pela Secretaria de Comunicação (Secom), o Ônibus do Animal, como já vem sendo chamado e tão aguardado pelos protetores de animais, deve se tornar realidade ainda nesse segundo semestre. Para que seu funcionamento comece no prazo previsto, depende apenas da abertura do processo licitatório, o que deve ocorrer em um mês.

Mas a garantia da aquisição do veículo para esse fim já havia sido dada pelo Executivo em setembro passado, pelo então secretário de Governo Institucional, Paulo Francisco Mendes, em resposta ao ofício 280/2011 datado de julho, de autoria do vereador João Donizeti Silvestre. Em seus argumentos, o vereador usou como exemplo o serviço já realizado em Curitiba, no Paraná, além de enfatizar os problemas de saúde pública consequentes do abandono de animais nas ruas, bem como o bem-estar dos bichos.

Na ocasião, a resposta foi de que já havia, segundo a Divisão de Área da Vigilância Sanitária em Saúde, um projeto de implantação da unidade móvel de castração de animais em andamento na Secretaria da Saúde. Já está cadastrado no Sistema de Informação Municipal (SIM) e deve ser implantado em 2012 com recursos próprios.

A implantação do serviço é vista como a principal ferramenta para acabar com a proliferação de cães e gatos decorrentes da falta de posse responsável. Isso porque, de acordo com a veterinária Lílian Fátima Sandei Nascimento, da Unidade de Controle Animal (UCA), ainda falta conscientização por parte dos tutores de animais para evitar que se reproduzam descontroladamente, e sofram tendo que viver nas ruas.

Conforme explica a veterinária, o serviço desenvolvido pela SES não é garantia de que todos os tutores carentes de cães e gatos irão se inscrever para castrá-los, pois nem todos dispõem de condições de levá-los até a UCA. Já com a unidade móvel será possível chegar também aos bairros mais distantes, como por exemplo a região de Brigadeiro Tobias.

Realização de mutirão, como já feito entre as Vilas Zacarias, Sabiá e João Romão, também se torna uma alternativa bastante útil, mas que segundo a veterinária depende também de conseguir um imóvel que atenda às exigências médicas veterinárias.

Bem-estar do animal

Apesar de mais de cinco mil animais já terem sido esterilizados nesses três anos de funcionamento do programa de castração gratuita, a veterinária diz que muitos tutores ainda resistem ao procedimento cirúrgico, que ela garante ser o método mais eficaz de controle que existe, bem como o mais seguro em proporcionar qualidade de vida aos animais.

Segundo explica, para os machos a castração faz com que eles convivam mais harmoniosamente com os demais da sua espécie, e no caso das fêmeas o saldo é ainda mais positivo, pois ajuda a prevenir problemas nos órgãos reprodutores. Isso porque o uso de anticoncepcional normalmente causa problemas desde infecções urinárias, até um câncer. Além disso ela destaca que a castração também ajuda na prevenção de zoonoses e de maus-tratos, pois assim haveriam menos animais perambulando pelas ruas com fome, sede, e doentes.

Em termos de encaminhamento para castração, as fêmeas prevalecem com as cadelas em primeiro lugar, e depois as gatas. Entre os machos, os gatos lideram o número de procedimentos operatórios nesse sentido. E para incentivar a castração, a veterinária tranquiliza os tutores sobre a segurança do procedimento cirúrgico, lembrando que se tratando de gato macho os pontos saem naturalmente, e no cachorro a retirada é após sete dias. Apenas as fêmeas, gata ou cadela, necessitam que os pontos sejam retirados.

A conscientização do quanto é saudável a convivência entre humano e animal, também ajudaria a diminuir o montante de bichos abandonados, atenta Lílian. Nesse sentido, a veterinária cita inclusive o preconceito que existe em relação aos gatos, e ensina que, para quem mora sozinho, o felino é o melhor companheiro. E explica o porquê: "o gato pode ficar sozinho o dia todo e ter a companhia do dono só a noite, sem se estressar, pois por ter hábitos noturnos ele dorme o dia todo".

Enquanto o Ônibus Animal não funciona, os interessados em castrar seus animais poderão se inscrever de segunda a sexta-feira na Unidade de Controle Animal (UCA), que fica à Rua Rosa Maria de Oliveira, 345, no Jardim Humberto de Campos. É preciso apresentar um documento de identificação e um comprovante de endereço. Informações pelo telefone (15) 3202-8006.

Atualmente, o tempo de espera varia de um a dois meses, valendo frisar que o animal deve ter pelo menos seis meses de vida. Na data marcada ele precisa estar em jejum, sendo rejeitado apenas se apresentar algum problema de saúde. Nesse caso, a data da castração é remarcada.

Fonte: Cruzeiro do Sul

 

Parceiros Colaboradores

Please update your Flash Player to view content.

Proteste - Participe!

 

Seja um sócio da APIPA

ELES CLAMAM PELO SEU AMOR!

Associando-se à APIPA você vai está praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos. Faça o seu Cadastro de Sócio-contribuinte e seja mais um solidário a nos ajudar!