All for Joomla The Word of Web Design

Técnicas para evitar as brigas em encontros de cães

O primeiro passo é entender a linguagem corporal do animal, pois assim você pode agir antes que os cães comecem a brigar frontalmente. É através do corpo que os animais expressam seus sentimentos, desejos e emoções, assim, ficar atento a tais características pode ajudar.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

O primeiro passo é entender a linguagem corporal do animal, pois assim você pode agir antes que os cães comecem a brigar frontalmente.

Os cães têm uma linguagem própria que os humanos não conseguem entender se não procurarem reconhecê-las. É através do corpo que os animais expressam seus sentimentos, desejos e emoções, assim, ficar atento a tais características pode ajudar a entender como funciona a comunicação entre esses animais.

Reconhecer esta linguagem pode ajudar a evitar atritos entre cachorros, pois, mesmo que estes sejam calmos ou adestrados, uma falha na “conversa” entre dois ou mais pets pode resultar em uma terrível briga. E, infelizmente, alguém pode acabar bastante ferido.

Como evitar brigas entre cães?

O primeiro passo, como já mencionado, é entender a linguagem corporal do animal, pois assim você pode agir antes que os cães comecem a brigar frontalmente. Por exemplo, o rabo do cão quando está com medo costuma ficar abaixado e entre as pernas, enquanto que quando o peludo quer agredir, a cauda costuma ficar ereta e sem movimentos. Assim, quando o tutor perceber estes aspectos no seu cão é hora de tirá-lo da zona de conflito onde ele se encontra, evitando assim o pior.

Além do posicionamento do rabo, outras partes do cachorro pode indicar sentimentos de afrontamento, como pelos eriçados, principalmente o do pescoço ou de próximo da cauda; focinho enrugado de modo que os dentes apareçam, pupilas dilatas, orelhas posicionadas e não relaxadas e a presença de rosnados ou latidos.

Perceber estas características e retirar o animal de perto do outro é uma maneira de evitar que a briga comece. Todavia, existem outras técnicas que podem evitar tais enfrentamentos, tais como:

  • Supervisionar brincadeiras: mesmo que essas comecem de forma inofensiva, os cães podem acabar brigando uns com os outros. Por isso, é preciso atenção nestes momentos e assim perceber quando não é mais brincadeira;
  • Reconhecer os tamanhos dos animais: saiba respeitar o estatura dos animais, isso porque cães maiores podem facilmente machucar os pequenos, mesmo que intencionalmente durante alguma brincadeira;
  • Saber apresentar os cães: a melhor forma de apresentar um cachorro a outro é escolher um lugar neutro. Isso vale para cães que serão amigos do seu pet ou para outro peludo que fará parte da família. Em um passeio com coleira e guia, apresente-os. Permita que eles se cheirem e logo em seguida continue a caminhada, um ao lado do outro para que se conheçam melhor;
  • Conhecer bem seu animal: alguns animais são bem ciumentos, outros nem tanto. Reconhecer esta característica nos peludos é essencial para tomar algumas medidas antes de receber outro peludo em casa. Assim, guarde brinquedos, potes de ração e de água que pertencem ao seu animal durante a visita do outro cãozinho, ninguém nunca sabe quando o pet vai cismar com o “coleguinha”.

Com informações do Clube para Cachorros

Anúncio da APIPA | 22/JANEIRO/2019

Ajude agora! Falta RAÇÃO para GATOS no Abrigo da APIPA

Amigo da APIPA, nosso abrigo está sem estoque de RAÇÃO para GATOS (quase ZERADO) e precisamos alimentar mais de 230 bichanos (adultos e filhotes). Ajude esses inocentes para que o alimento não lhes faltem, fazendo a sua doação de RAÇÃO para GATOS agora, pois a fome não espera! Informações com Isabel (86) 99951-0201 e Jane (86) 99924-1818.
Veja post no Facebook

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Mais Dicas

Comentários

Quero um filhote de pug,desde o ano de 2018 que tô procurando um filhotinho mais...
Terça, 22 Jan 2019, 12:54   
Gostaria de fazer a doação de uma cachorro. Como faço.
Quarta, 16 Jan 2019, 21:29   
- boa noite
Me mudei recentemente numa casa no Eden, casa do lado tem dois c...
Terça, 15 Jan 2019, 21:09   
ola ,bom dia!
meu nome e Regina Flora ,residente da rua Amalia Fernandes Rodrig...
Quarta, 9 Jan 2019, 8:33   
Senhor Ennio campeão eu quero adotar este dálmata
Terça, 8 Jan 2019, 6:39   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...