All for Joomla The Word of Web Design

APIPA é uma ONG sediada em Teresina, PI

Pessoa jurídica de direito privado e sem fins lucrativos. Nossa instituição tem por finalidade proteger e assistir animais carentes por meio de trabalho voluntário. Seja, você também, um voluntário da APIPA. Esperamos por você!

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

O resgate do animal durou a madrugada toda e precisou da ajuda de um guincho.

Imagem: Reprodução / R7Um cavalo ficou preso na madrugada desta quarta-feira (27) na rodovia Tancredo Neves, no perímetro urbano de Caieiras, na Grande São Paulo. O animal caminhava na beira da via quando a tampa do bueiro cedeu.

O resgate só foi concluído no início da manhã. Segundo os policiais militares, a maior dificuldade foi que o cavalo não chegou ao fundo do buraco, de cerca de 2 metros. Desse modo, foi preciso acionar um guincho para fazer a remoção do animal.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Cadela se recupera em associação após ser enterrada viva (Foto: Aprablu)Uma cadela sobreviveu após ser enterrada viva na noite de segunda-feira (25) no município de Blumenau (139 km de Florianópolis), em Santa Catarina. A suspeita do crime, uma mulher de 68 anos, foi conduzida pela Polícia Militar a uma delegacia, mas foi liberada em seguida.

Segundo a Polícia Militar de Santa Catarina, o animal passou cerca de dez minutos debaixo da terra em um terreno na rua Antônio Zendron, no bairro de Valparaíso. A polícia chegou até o local por volta das 18h depois que vizinhos denunciaram que a suspeita (de identidade não divulgada) estava agredindo o animal com paus e pedras e depois começou a enterrá-lo.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Foto: OLA/WSPAO deputado federal Geraldo Resende (PMDB-MS) apresentou o projeto de lei 1738/2011, que prevê o fim da obrigatoriedade de sacrifício de animais infectados pela leishmaniose. Resende é médico, e afirma que o sistema de saúde pública deve implantar uma política nacional de vacinação, à semelhança do que é feito para a prevenção da raiva. Mas ao contrário da raiva, segundo o deputado, no caso da leishmaniose, os animais podem ser tratados e seu projeto libera o tratamento.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Espingardas usadas no safári foram apreendidas em fiscalização do IBAMA. (Foto: IBAMA/MT)Seis homens foram presos em flagrante durante uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) realizada na região norte de Mato Grosso. O grupo foi preso no final da tarde desta quarta-feira (20) e multado em R$ 69 mil pelo instituto.

Além de cinco espingardas supostamente utilizadas para matar os animais, os agentes do IBAMA encontraram vídeos e fotografias que registraram a caçada ilegal. O grupo contestou que realizava caçada de animais e que as armas eram utilizadas apenas como defesa.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

INFORMATIVO Nº 11/2011 - Em 13/07/2011.

Imagem: Rancho dos GnomosÉ sempre muito dolorido para todos nós da família Rancho dos Gnomos noticiar a partida de um irmão querido.

Nessa madrugada, 01:00, Yamma ficou livre.

Há duas semanas ela começou a se comportar de modo diferente, passando a maior parte do tempo deitada em sua gruta.

Uma fiel e dedicada equipe técnica foi mobilizada em busca de um diagnóstico, já que um persistente sangramento no nariz indicava a fragilidade de sua saúde.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Amigos,

As Puxadas de Cavalos consistem numa prática de diversão cruel. (Imagem: FNPDA)Caso alguém não saiba, as Puxadas de Cavalos consistem numa prática de diversão cruel. São competições entre parelhas de cavalos, em que dois animais são postos a puxar cargas de peso elevado, cada vez maior...

Começam com 850 kg, logo chegam em uma tonelada e meia, e tentam mais ainda... Detalhe: não há CARRO, não há RODA, tudo sendo arrastado contra o atrito do solo, sob gritos e toques dos proprietários dos animais.

Trata-se de diversão violenta e cruel, que teve início em Pomerode, "pacato" município de Santa Catarina. Com a falta de repressão, o evento já está se alastrando para outras comunidades.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Olha só que simpático é Omega, este chimpanzé de 12 anos, que vivia em um zoológico libanês, mas acaba de chegar ao Brasil. Sua história é um marco na luta pela defesa dos animais no Líbano. (Foto: Reprodução / R7)

O chimpanzé Omega tem 12 anos e é viciado em cigarros. Por oito anos ele foi a atração principal de um zoológico no Líbano. Imagens recentes mostram que a jaula onde Omega vivia era imunda e ele era maltratado. Para tentar livrá-lo desta situação, o Projeto de Proteção aos Grandes Primatas, no Brasil, resgatou Omega e o trouxe para um sítio no interior de São Paulo (SP). Assista ao vídeo e veja esta história emocionante.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

© WSPA BrasilAtualmente, as florestas brasileiras são protegidas pela Lei Federal 4771/65, conhecida como Código Florestal. Porém, está em tramitação um projeto de lei (identificado como PL 1876/99 na Câmara e PLC 30/2011 no Senado) que propõe mudanças muito prejudiciais à preservação do nosso meio ambiente.

A maior causa da perda de biodiversidade animal no Brasil é a perda de habitat, ou seja, a destruição dos biomas. Muitos animais brasileiros, como, por exemplo, a onça-pintada e a arara-azul, estão em risco de extinção por causa dos avanços dos desmatamentos. Para proteger os nossos animais silvestres é essencial preservar o meio ambiente.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Apesar de suas diferenças, raposas, coelhos, visons e muitos outros animais selvagens são mantidos no mesmo tipo de gaiolas durante todo o período de suas curtas vidas. (© Network for Animal Freedom 2009)A indústria de extração de peles é responsável pelo sofrimento atroz, e pela morte de mais de 100 milhões de animais a cada ano. Dentre os animais que morrem para permitir a produção de artigos supérfluos e de luxo, há coelhos, raposas, visons, texugos, focas, lobos, coiotes, esquilos, gatos e cães.

85 por cento dos animais utilizados na fabricação de pele são criados em cativeiro, para fins comerciais. As pequenas gaiolas com grades no piso, que causam lesões aos animais, mantêm os custos de produção baixos, e os lucros elevados.

Leia mais...

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Médico e professor Geraldo Sidiomar Duarte mostra tórax artificial que substitui uso de animais (Foto: EcoAgência)Passados dois anos desde que o sacrifício de animais foi abolido no curso, professores e alunos estão muito satisfeitos. Conflito ético foi o principal motivo para a troca por modelos artificiais nas aulas práticas.

O caozinho é trazido do canil e chega faceiro; caminha até o grupo de alunos de medicina e lambe as pernas de um deles. O clima na sala fica pesado e ninguém quer anestesiar e cortar o bichinho. Alguns estudantes, constrangidos, ameaçam ir embora. Cenas como esta ou parecidas aconteceram por diversas vezes, nos muitos anos em que animais foram usados nas aulas práticas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Famed/Ufrgs) .

Leia mais...

Últimas No Brasil

Comentários

Bom dia, Luciana. Infelizmente não temos mais vaga.
Quinta, 21 Fev 2019, 9:00   
Bom dia, Aline. Infelizmente não temos mais vaga.
Quinta, 21 Fev 2019, 8:59   
Bom dia, Alexandre! Temos sim. Venha nos visitar e conhecer o nosso abrigo.
Quinta, 21 Fev 2019, 8:53   
Bom dia, eu nao moro no Brasil e ja estou proximo a viajar para o exterior,???
...
Quinta, 14 Fev 2019, 15:42   
Vcs estão tendo filhote de 6 meses medio porte ou grande porte, pode ser médio p...
Quarta, 13 Fev 2019, 8:49   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...