All for Joomla The Word of Web Design

MILTEFORAN: medicamento que trata a leishmaniose canina é liberado no Brasil

O Brasileish (Grupo de Estudos sobre Leishmaniose Animal) consegue liberação para a comercialização, no Brasil, do MILTEFORAN, uma das drogas mais utilizadas na Europa para o tratamento da Leishmaniose em cães.

4.4166666666667 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 4.42 (6 Votos)

O Brasileish (Grupo de Estudos sobre Leishmaniose Animal) consegue liberação para a comercialização, no Brasil, do MILTEFORAN, uma das drogas mais utilizadas na Europa para o tratamento da Leishmaniose em cães.

Por meio da Nota Técnica Conjunta n° 001/2016 MAPA/MS, assinada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento e pelo Ministério da Saúde foi autorizado o registro do produto MILTEFORAN, sob número SP 000175-9.000003, de propriedade da empresa VIRBAC SAÚDE ANIMAL, indicado para o tratamento da leishmaniose visceral de cães.

Há uma batalha silenciosa no Brasil. Apesar de pouco badalada, ela é polêmica e coloca no ponto central da discussão o tratamento da leishmaniose visceral canina, doença transmitida pelo mosquito-palha que afeta homens e animais – e pode ser fatal em ambos os casos. Em janeiro de 2013, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) negou vigência à portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) que não permitia o tratamento dos cães infectados com medicamento humano e nem importado. O acórdão veio em resposta à ação movida pela Organização Não Governamental (ONG) Abrigo dos Bichos, do Mato Grosso do Sul (MS). Considerando que no país não existe medicamento específico para o tratamento da doença em cães, até então, os animais contaminados só tinham um destino: o sacrifício.

Contudo, a eutanásia sempre foi contestada por especialistas que garantem que a matança de cães não diminui o índice de contágio da leishmaniose, tendo em vista que o vilão é o mosquito, e é ele que deve ser combatido. Em países como a Índia, onde o protozoário envolvido é a Leishmania donovani, a leishmaniose pode ser transmitida de homem para homem, ou seja, o vetor pica uma pessoa contaminada e transmite o parasita para outra. Tipo de transmissão que não é comum em outras localidades. Nos humanos, porém, a doença é muito menos perigosa e fatal do que nos cães. A questão é que, dos 88 países do mundo onde a doença é endêmica, o Brasil é o único que ainda utiliza a morte dos animais como instrumento de saúde pública. “A leishmaniose visceral canina tem controle, tem tratamento eficaz e, portanto, não é necessário fazer a eutanásia do animal, exceto em casos específicos”, afirma o veterinário Leonardo Maciel, da Clínica Veterinária Animal Center. Isso porque, após o tratamento, o cão deixa de ser um reservatório ativo e, portanto, não é mais um transmissor.

A boa notícia é que após décadas de discussão, o grupo de pesquisas da Brasileish, liderado pelos médicos veterinários Fábio dos Santos Nogueira e Ingrid Menz, com o apoio do laboratório Virbac, anunciou no último dia 28 de agosto que conseguiu a aprovação do Ministério da Saúde e da Agricultura para a comercialização do Milteforan, uma das drogas mais utilizadas na Europa para o tratamento da doença. O medicamento foi testado no Hospital Veterinário Mundo Animal, em Andradina (SP), com resultados eficazes. “A decisão representa um marco na medicina veterinária brasileira. Foram 18 anos da minha vida profissional com dedicação exclusiva à tentativa de dar qualidade de vida aos animais contaminados”, disse Fábio. Com a aprovação, tutores que optarem por tratar seus cães não terão mais que importar, às escondidas e pagando um alto preço, medicamentos fundamentais para salvar a vida de seus pets.

O veterinário Manfredo Werkhauser, da Clínica São Francisco de Assis, é um dos fundadores da Brasileish e comemora. “Aguardamos ansiosos a comercialização da droga que já deve estar no mercado a partir de janeiro de 2017. É o que vai possibilitar o tratamento de inúmeros animais contaminados e evitar a eutanásia”. Para a veterinária Ana Augusta de Sousa, do Intensivet Núcleo de Medicina Veterinária Avançada, a leishmaniose é uma questão de saúde pública. “A solução para o controle da endemia em Belo Horizonte e região metropolitana é uma política efetiva de saneamento básico e investimento em políticas sociais”, diz. De difícil combate, o mosquito se reproduz em locais onde existe abundância de material orgânico, como folhas, frutos, fezes de animais, entulhos e lixo, e se alimenta do sangue de humanos e animais, entre eles: a galinha, o porco e o cavalo. “Tem de existir uma união entre o poder público e a população para se criar uma nova consciência sobre o meio ambiente, recolhendo o lixo e lhe dando uma destinação adequada. Só assim a proliferação da doença poderá ser controlada”.

Fique por dentro e previna-se

  • Leishmaniose: também conhecida como calazar, a contaminação em seres humanos e animais ocorre através da picada da fêmea do mosquito Lutzomyia longipalpis, mais conhecido como mosquito-palha ou birigui.
  • Sintomas no ser humano: febre prolongada, perda de peso, falta de apetite e aumento do fígado e baço. Se não tratada a tempo, a leishmaniose visceral tem alto índice de mortalidade em pacientes imunodeficientes portadores de doenças crônicas.
  • Sintomas no cão: lesões de pele, perda de peso, descamações, crescimento exagerado das unhas e dificuldade de locomoção. No estágio avançado, o mal atinge fígado, baço e rins, levando o animal ao óbito.
  • Prevenção da doença: fazer a retirada de qualquer tipo de material orgânico como folhas, fezes de animais, entulhos e lixo, onde o mosquito possa se reproduzir. A borrifação química é fundamental em áreas endêmicas.
  • Prevenção nos cães: uso de repelentes, coleira própria contra a leishmaniose, vacina específica, higienização do animal e do ambiente.
  • Vacina: a vacina Leishtec, aliada a outros métodos preventivos, reduz a chance de contaminação do animal e enfraquece o protozoário em cães já contaminados, diminuindo a chance de transmissão.
  • Tratamento: inclui sessões de quimioterapia, feita por meio de medicação venal aplicada através de soro, e medicação oral. Exige o comprometimento do proprietário em seguir as orientações veterinárias à risca, com realização de checape periódico e manutenção de alimentação específica com baixo teor de proteína.

Nota técnica da liberação do Milteforan

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO COORDENAÇÃO DE FISCALIZAÇÃO DE PRODUTOS VETERINÁRIOS-DFIP-SDA - CPV

NOTA TÉCNICA Nº 11/2016/CPV/DFIP/SDA/GM/MAPA

PROCESSO Nº 21000.042544/2016-94

Por meio da Nota Técnica Conjunta n° 001/2016 MAPA/MS, assinada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento e pelo Ministério da Sáude foi autorizado o registro do produto MILTEFORAN, sob número SP 000175-9.000003, de propriedade da empresa VIRBAC SAÚDE ANIMAL, indicado para o tratamento da leishmaniose visceral de cães.

O licenciamento do medicamento foi emitido respeitando-se as determinações da Portaria Interministerial n°1.426 de 11 de julho de 2008, que regulamenta o tratamento de cães, proibindo tratamento da leishmaniose visceral (LV) com produtos de uso humano ou não registrados no MAPA.

Durante o processo de análise da solicitação de registro, o Ministério da Saúde (MS) foi consultado, emitindo Parecer Técnico favorável ao pleito, uma vez que a Miltefosina, princípio ativo do medicamento em questão, não é uma droga utilizada para o tratamento da doença em humanos no Brasil e, de acordo com as evidências cientificas geradas até o momento, não apresenta eficácia para ser incorporada no protocolo terapêutico da leishmaniose visceral (LV).

Cabe destacar que o tratamento de cães com LVC não se configura como uma medida de saúde pública para controle da doença e, portanto, trata-se única e exclusivamente de uma escolha do proprietário do animal, de caráter individual.

A emissão da licença do MILTEFORAN pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento não caracteriza provimento imediato do produto ao mercado nacional, visto que a comercialização dependerá de outros fatores que envolvem a importação do medicamento pela empresa representante exclusiva do produto no Brasil.

Ressalta-se a necessidade de cumprimento do protocolo de tratamento descrito na rotulagem do produto respeitando-se a necessidade de reavaliação clínica, laboratorial e parasitológica periódica pelo médico veterinário, a necessidade de realização de novo ciclo de tratamento, quanto indicado e a recomendação de utilização de produtos para repelência do flebotomíneo, inseto transmissor do agente causal da Leishmaniose visceral canina.

 

Nota técnica conjunta sobre o medicamento Milteforan, para tratamento da leishmaniose canina no Brasil \o/ \o/ \o/ Vitó...

Publicado por LEISHMANIOSE Canina Prefiro Tratar Que Matar em Quinta, 8 de setembro de 2016

Nota técnica da liberação do Milteforan, em PDF.

Com informações do Petcetera e Brasileish

Anúncio da APIPA | 09/JANEIRO/2019

Ajude agora! Falta RAÇÃO para GATOS no Abrigo da APIPA

Amigo, nosso abrigo passa por situação de emergência. O estoque de RAÇÃO para GATOS está ZERADO e precisamos alimentar 182 bichanos todos os dias. Ajude-nos agora, pois a fome não espera! Mais informações com Isabel Moura (86) 99951-0201 e Jane Haddad (86) 99924-1818.
Veja post no Facebook

Classificação Geral (2)

5 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • Dilma

    Não é bem um comentário queria uma informação não estou encontrando onde perguntar. É o seguinte meu cachorro tomou a quinta dose do milterforan e aproximadamente cinco minutos ele gofor , não chegou ser vômito. Gostaria de saber o que fazer? Se o remédio saiu , se tem q tomar outra dose? Tô preocupada.

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Tayná

    Milteforan para Leishmaniose!

    WhatsApp: 31 97342-8116

    30ml: 750,00
    60ml: 1100,00
    90ml: 1350,00

    - Original
    -Nota fiscal
    - Pronta Entrega
    - Calcule o Frete.
    - Válido até 2020
    - Produto Novo (lacrado)
    - Com código de barras.
    - Com Qrcode + GTIN

    de R. Filomena Réis de Oliveira, 130 - Mantiqueira, Belo Horizonte - MG, 31655-260, Brazil
    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Tayná Thais

    Bom dia. Boa tarde. Boa noite.

    MILTEFORAN PRONTA ENTREGA!
    WHATSAPP: 31 97308-2253

    Tenho milteforan à pronta entrega.
    30ml: 760,00 $
    60ml: 1160,00

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Junior

    TENHO MILTEFORAN PRONTA ENTREG; PREÇO ABAIXO DO MERCADO
    WHATSAPP 31 98693-6682

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Tayna Thais

    Bom dia. Boa tarde. Boa noite.
    Tenho milteforan à pronta entrega.
    Tenho os melhores preços, enviamos para toda a região metropolitana de Belo Horizonte e para todo o Brasil.

    WhatsApp: (31) 97308-2253.

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Suelilton


    respondendo para  Tayna Thais

    Só este medicamento trata o animal ? Ou tem algum outro que possa dar em conjunto para melhor resultado

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Sonia Maria rodrigues

    Estou com um filhote de 6meses com leishmanioses,tive que vender um celular pra fazer a consulta dele e fiz os exames,estou apavorada pois não tenho condições de comprar o Milteforam,estou pedindo uma ajuda a vocês ,uma a doação dele mim ajudem por tudo que é mais sagrado,eu peço pelo amor de Deus ajudem o Duck o meu cachorro,ele quer viver ele é tao novinho pra morrer até pela defensoria publica eu tentei entrar mas eles não acredita neste remédio,eu acredito se ele tomar ele fica bom tenho a receita do veterinário e o exame constando que ele tá com leishmanioses sei que é um medicamento caro mas sei que vocês gostam muito de cachorros que vocês são humanos mim ajude ele tem que tomar o de 2% o faço de 60ml tomar 1,6 a cada 24 horas durante 28 dias mim ajudem por tudo que é mais sagrado ele tem 6 meses ele pesa uns 16 kg mim ajude

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • letícia


    respondendo para  Sonia Maria rodrigues

    Boa tarde,
    Você conseguiu tratar seu animalzinho?

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Tayná Thais

    Bom dia. Boa tarde. Boa noite.
    Tenho milteforan à pronta entrega.
    Tenho os melhores preços, enviamos para toda a região metropolitana de Belo Horizonte e para todo o Brasil.

    WhatsApp: (31) 97308-2253. :D

    de Belo Horizonte, State of Minas Gerais, Brazil
    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Vanilda


    respondendo para  Tayná Thais

    Por favor quanto custa esse remédio , 90mg?

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Joao Victor

    TENHO MILTEFORAN PRONTA ENTREG; PREÇO ABAIXO DO MERCADO
    WHATSAPP31 989432111

    de Belo Horizonte - State of Minas Gerais, Brazil
    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Maria

    Tenho de 90,60 e 30 ml a pronta entrega. WhatsApp 61 98489 7872

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • jose araujo

    Pessoal procura saber os valores e se tem a pronta entrega mas eu cubro qualquer valor do mercado aqui no brasil
    http://farmaciaonlinetop.com.br/
    Estamos a disposição

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • luciano da silva ferreira

    TENHO MILTEFORAN PRONTA ENTREGA PREÇO ABAIXO DO MERCADO
    WHATZAPP 31988107262

    de Belo Horizonte - State of Minas Gerais, Brazil
    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Alessandra

    Boa tarde, tenho uma cachorrinha que foi diagnosticada com a Lesihimaniose e esta tomando Doxitec e Domperidona e fiquei sabendo do Metilforan, porém estou sem condições de arcar com o tratamento, pois já gastei muito desde que descobri a doença dela, preciso de ajuda, pois não quero sacrificar minha Pet

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Tayná Thais


    respondendo para  Alessandra

    Bom dia. Boa tarde. Boa noite.
    Tenho milteforan à pronta entrega.
    Tenho os melhores preços, enviamos para toda a região metropolitana de Belo Horizonte e para todo o Brasil.

    WhatsApp: (31) 97308-2253. :D

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Douglas Barboza

    Amigos, estou na região de Itupeva, onde está tende epidemia da Leishmaniose. Preciso de 60 mL do medicamento, alguém consegue me ajudar. Meu contato (11) 96639-9414

    de Itupeva, SP, Brazil
    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • luciano da silva ferreira


    respondendo para  Douglas Barboza

    TENHO PRONTA ENTREGA - WHATZAPP 31988107262

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • Maria


    respondendo para  luciano da silva ferreira

    Cubro qualquer oferta. Meum WhatsApp (61)98489 7872

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
  • yara


    respondendo para  luciano da silva ferreira

    Bom dia!

    Qual o valor de 60 ml?

    Selecionar e copiar URL:
    Compartilhar nas redes:
Carregar Mais

Últimas No Brasil

Comentários

Gostaria de fazer a doação de uma cachorro. Como faço.
Quarta, 16 Jan 2019, 21:29   
- boa noite
Me mudei recentemente numa casa no Eden, casa do lado tem dois c...
Terça, 15 Jan 2019, 21:09   
ola ,bom dia!
meu nome e Regina Flora ,residente da rua Amalia Fernandes Rodrig...
Quarta, 9 Jan 2019, 8:33   
Senhor Ennio campeão eu quero adotar este dálmata
Terça, 8 Jan 2019, 6:39   
Que tipo devtrataneto
Domingo, 6 Jan 2019, 7:44   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...