All for Joomla The Word of Web Design

MPMG solicita plano emergencial para animais em Barão de Cocais

Solicitação do MPMG recomenda que a Vale elabore um plano emergencial com ações de localização, resgate e cuidado de animais domésticos e silvestres em Barão de Cocais, cidade evacuada devido ao iminente risco de rompimento de uma barragem da Vale.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Solicitação do MPMG recomenda que a Vale elabore um plano emergencial com ações de localização, resgate e cuidado de animais domésticos e silvestres em Barão de Cocais, cidade evacuada devido ao risco de rompimento de barragem da Vale.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa da Fauna (GEDEF), reforçou junto à Vale a urgente necessidade de apresentar um plano emergencial que contemple ações de localização, resgate e cuidado dos animais domésticos em possível rompimento de barragem em Barão de Cocais, na Região Central do Estado de Minas Gerais.

Na última sexta-feira (8), o MPMG expediu uma Recomendação à Vale para que o plano fosse elaborado. Porém, conforme a promotora de Justiça Luciana Imaculada de Paula, coordenadora do GEDEF, “a Vale apresentou um plano emergencial, que entendemos não ser satisfatório, por faltarem elementos básicos, como cronograma e a logística da retirada”, ressalta.

Ainda de acordo com a coordenadora do GEDEF, “por causa disso, o MPMG requisitou a complementação da recomendação, concedendo prazo de 24h. Caso não haja a complementação no prazo estipulado, a questão terá que ser judicializada”, destaca.

A promotora de Justiça explica ainda que, “o IBAMA já notificou a Vale pelo mesmo motivo, e a Defesa Civil deu prazo até esta quarta-feira, dia 13, para que a Vale retire os animais da área de risco”.

Barão de Cocais: animais abandonados na área de risco recebem alimento

Cerca de 1.500 animais abandonados na área de risco, após a evacuação das comunidades de Barão de Cocais, na Região Central de Minas, foram alimentados. Havia uma grande preocupação, pois os animais já estavam se comer há mais de 24 horas. As ações para levar alimento continuam. A informação foi repassada em coletiva de imprensa na tarde deste domingo (10).

As famílias saíram às pressas de casa na madrugada de sexta-feira (8) após o acionamento dos sinais sonoros de emergência. Um áudio em altos falantes instalados na cidade alertava para o risco de rompimento da barragem. Numa escala crescente de 1 a 3 de risco, o maciço da Vale subiu do nível 1 para o nível 2. As medidas, segundo a Vale, fazem parte do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).

E uma das grandes preocupações dos moradores era com os animais deixados para trás. São cães, gatos, aves, porcos, cavalos e bois. "Nós estamos em uma área de risco, portanto, nossas ações acontecem de forma controlada. Foi realizada ontem (sábado 9), com uma equipe diversificada composta por técnicos, Defesa Civil e veterinários, a alimentação de 1.500 animais. Hoje (domingo 10), as ações serão retomadas para alcançar o maior número possível", explicou o major da Defesa Civil, Eduardo Lopes. As famílias que foram deslocadas para hotéis preencheram um cadastro para identificação dos animais.

Assista ao vídeo

Medidas a serem adotadas pela Vale

A recomendação pede que o plano, além de localização, resgate e cuidado dos animais domésticos deverá contemplar ainda o afugentamento, monitoramento e resgate de fauna silvestre, no caminho da lama, com vistas a minimizar os danos ao meio ambiente, em especial às espécies da fauna.

De acordo com o MPMG, o plano deverá prever, entre outras igualmente relevantes, a execução das seguintes medidas:

  • composição de equipe técnica qualificada, preferencialmente habilitada em manejo etológico, para realizar ações de busca, resgate e cuidados de animais;
  • disponibilização de equipamentos, maquinários, veículos (aéreos ou terrestres) e suprimentos necessários à busca, resgate e cuidados dos animais;
  • diagnóstico das áreas atingidas, visando a localização, identificação e quantificação de animais isolados.

Quanto ao resgate imediato dos animais isolados, o plano deverá prever a provisão de alimento, água e cuidados veterinários àqueles animais cujo resgate não for tecnicamente recomendável. Essas medidas deverão ser adotadas até o resgate dos animais e sua entrega aos seus tutores. Caso o animal não possa ser entregue ao seu dono, deverá ser mantido em abrigo que assegure condições de bem-estar inerentes a cada espécie.

Logo após a elaboração do plano, a Vale deverá submetê-lo ao Comando da Operação de Resgate, do qual fazem parte o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil, organizado para tratar das medidas emergenciais referentes à evacuação de animais, a fim de compatibilizar a necessidade de resgate com a segurança das pessoas envolvidas na operação.

Itatiaiuçu

Segundo a coordenadora do GEDEF, no Povoado de Pinheiros, em Itatiaiuçu, na Região Central do Estado, o recolhimento dos animais já foi iniciado pela Arcelor Mittal. Os animais estão sendo acompanhados por veterinários e a realocação está prevista para ser concluída nesta quarta-feira (13).

Animais de pequeno porte estão nos hotéis juntamente com os tutores que foram desalojados de suas residências.

Brumadinho

Sobre as providências a serem tomadas em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a promotora de Justiça Luciana Imaculada de Paula explica que as medidas adotadas pela Vale não estão contemplando todas as expectativas. “Estamos negociando a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que irá propiciar melhorias no serviço de atendimento emergencial que a Vale está prestando, pois existem várias situações de risco envolvendo os animais em Brumadinho.

Com informações do Estado de Minas

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Últimas No Brasil

Comentários

ANA
Por favor nescessito de ajuda ,mudou um ser na minha rua ,ela sai e deixa o cach...
Quinta, 21 Mar 2019, 23:54   
Oi queria saber se vcs resgata animais que estão sendo maltratados,minha visinha...
Quinta, 21 Mar 2019, 14:56   
Bom dia, você é de qual cidade? Tenho interesse!
Quinta, 21 Mar 2019, 10:31   
Me ajudem por favor.
Quinta, 21 Mar 2019, 0:30   
Olá Boa noite! Eu tenho um cãozinho e ele ta fomitando demais... Queria a ajuda ...
Quinta, 21 Mar 2019, 0:29   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...