All for Joomla The Word of Web Design

14 de março: o 'Dia Nacional dos Animais' e seu significado

Em 14 de março comemora-se no Brasil o 'Dia Nacional dos Animais', quando se realizam ações voltadas à proteção animal e conscientização da sociedade. Apesar das práticas que resultam em maus-tratos aos animais serem observadas de forma rotineira em nossa sociedade, é cada vez maior, felizmente, o número daqueles que se voluntariam em defensa destes inocentes.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Em 14 de março comemora-se no Brasil o 'Dia Nacional dos Animais', quando se realizam ações voltadas à proteção animal e conscientização da sociedade.

Giovanni di Pietro di Bernardone, popularmente conhecido como São Francisco de Assis, é mundialmente conhecido por sua contemplação e preocupação com a Natureza, sendo considerado o santo patrono dos animais e do meio ambiente. Por esta razão, durante um congresso ambiental sediado em Florença (Itália, 1931) foi instituído o dia que a igreja católica comemora o dia de São Francisco de Assis (04 de outubro) como o Dia Mundial dos Animais. Além desta data, o Brasil instituiu o dia 14 de março como Dia Nacional dos animais, sendo ainda comemorados o Dia da Adoção Animal (em 17 de agosto) e o Dia da Libertação Animal (em 18 de outubro).

A ideia inicial para a instituição do 'Dia Nacional dos Animais' era estimular debates sobre os animais em (ou com risco de) extinção. Com o passar dos anos, e com quesitos envolvendo ética e bem-estar animal, tal data ganhou uma notória abrangência. Assim, o Dia Nacional dos Animais tem por objetivo buscar a conscientização a respeito dos cuidados aos animais, sejam eles domésticos, domesticados ou silvestres.

No Brasil, maltratar animais é considerado crime ambiental, segundo prevê o art. 32 da lei 9.605/98, com pena de detenção de três meses a um ano e multa, sendo considerados maus-tratos:

  1. abandonar, espancar, golpear, mutilar ou envenenar;
  2. manter os animais permanentemente presos em correntes;
  3. manter os animais em locais pequenos, com pouca higiene e sem ventilação, ou sem protegê-los do sol, chuva e frio;
  4. não dar água e comida adequadamente;
  5. negar assistência veterinária ao animal ferido ou doente;
  6. capturar, confinar e comercializar animais silvestres;
  7. promover violência (como farra do boi, rinhas de galo, vaquejadas e rodeios);
  8. obrigar o animal ao trabalho excessivo ou superior à sua capacidade de força.

Apesar das práticas que resultam em maus-tratos aos animais serem observadas de forma rotineira em nossa sociedade, é cada vez maior, felizmente, o número daqueles que se voluntariam em defensa destes inocentes. As formas de mobilização são bem diversificadas, sobretudo por meio de campanhas em redes sociais. À medida que mais pessoas se conscientizam dos cuidados para com os animais, mais ações são implementadas, como as que buscam lar temporário e adoção para animais abandonados e as que promovem manifestações públicas contra atos de crueldade, só para citar dois exemplos. É fato que a sociedade está mais consciente sobre direitos animais, sendo notório que mais organizações de defesa são instituídas em busca de oferecer assistência àqueles que vivenciam situação de vulnerabilidade, indicando uma gradativa evolução social em prol dos animais.

O ponto em comum entre os defensores dos animais, independentemente de sua origem, é a percepção que estes são dotados de senciência, ou seja, aptidão para ter percepções conscientes do que acontece e do que os rodeia. Os animais sencientes são munidos da capacidade de sentir dor, medo, estresse, alegria, prazer e de armazenar as informações sob a forma de memória de longo prazo. Apesar de controverso (devido seu conceito enfatizar apenas um critério, que seria a percepção da dor) o conceito de senciência é amplamente conhecido em todos os animais vertebrados. À vista disso, os movimentos pelos direitos animais defendem que, de acordo com o princípio da senciência, os direitos morais de todas as espécies animais devam ser reconhecidos, além de conceder o benefício da dúvida para as espécies que, do ponto de vista de conhecimentos de sua biologia, a conclusão sobre a presença de sua senciência não ser comprovada.

Neste contexto, com base no princípio da senciência, devemos levar em consideração o conceito de bem-estar animal, definido por Barry Hughes como “um estado de completa saúde física e mental, em que o animal está em harmonia com o ambiente que o rodeia” (Hughes, 1976). Ou seja, devem ser oferecidas condições aos animais para a sua perfeita adaptação, tendo em vista a garantir-lhes bem-estar como uma característica inerente.

Por conseguinte, com base nas cinco liberdades dos animais, estes devem ser:

  • livres de fome e sede;
  • livres de desconforto;
  • livres de dor, doenças ou lesões;
  • livres de aflição e medo;
  • livres para expressar os seus comportamentos normais e naturais.

De forma prática, cada tutor pode abordar determinadas técnicas e princípios, de acordo com a sua própria realidade, para empreender ações visando o bem-estar animal. E, além disso, precisamos conferir a estes inocentes a possibilidade de experimentar emoções positivas, o que vem sendo recomendado pela comunidade científica como imprescindível para que se alcance o pleno bem-estar dos animais.

veja também

ADOTE UM ANIMAL CARENTE!

Para adotar um amiguinho em Teresina, PI, conheça o abrigo de animais carentes da APIPA.

CNPJ: 10.216.609/0001-56 | APIPA® - ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PROTEÇÃO E AMOR AOS ANIMAIS
  Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai (próximo à UNINOVAFAPI)
Teresina, PI - CEP 64073-167 -   (86) 98846-8020 -   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. -   MAPA
  Horário de visitação: das 14 às 16 horas, todos os dias, inclusive feriados.

Com informações do Wpós

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Últimas No Brasil

Comentários

ANA
Por favor nescessito de ajuda ,mudou um ser na minha rua ,ela sai e deixa o cach...
Quinta, 21 Mar 2019, 23:54   
Oi queria saber se vcs resgata animais que estão sendo maltratados,minha visinha...
Quinta, 21 Mar 2019, 14:56   
Bom dia, você é de qual cidade? Tenho interesse!
Quinta, 21 Mar 2019, 10:31   
Me ajudem por favor.
Quinta, 21 Mar 2019, 0:30   
Olá Boa noite! Eu tenho um cãozinho e ele ta fomitando demais... Queria a ajuda ...
Quinta, 21 Mar 2019, 0:29   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...