All for Joomla The Word of Web Design

Manifestantes pedem urgência na construção de novo CCZ em Teresina

Movimentos de apoio à proteção animal fazem protesto no Centro de Zoonoses de Teresina e apresentam lista de reivindicações.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Movimentos de apoio à proteção animal fazem protesto no Centro de Zoonoses de Teresina e apresentam lista de reivindicações.

Com faixas e camisas pretas em símbolo de luto, representantes de entidades filantrópicas em defesa dos animais estiveram, nesta segunda-feira (18), na Gerência de Zoonoses (Gezoon), no bairro Matadouro, Zona Norte de Teresina. Usando preto em sinal de luto, os manifestantes pediram urgência na construção do novo Centro de Controle de Zoonoses.

As causas principais dos embates entre os movimentos de proteção animal e a atuação do CCZ foram evidenciadas após a divulgação de um vídeo gravado por uma protetora, mostrando que o centro mantinha animais vivos junto a animais mortos. A gravação aconteceu há um ano e de lá para cá, segundo os protetores, pouco se avançou em relação ao tratamento aos animais e às fiscalizações no local.

O protesto esta sendo organizado pela ONG Guardiões dos Direitos dos Animais e pela Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (APIPA) e vem ganhando força através das redes sociais, onde já existes diversos grupos de apoio aos direitos dos animais de todo o estado.

A gerente da Gezoon, Oriana Bezerra, garante a construção do novo Centro e esclarece os detalhes do projeto para as obras do prédio, que ficará localizado na região da Santa Maria da Codipi, em uma área de 10 hectares.

Imagem: Carta PiauíImagem: Carta Piauí

"O projeto está pronto, mas dependemos da liberação dos recursos por parte do Ministério da Saúde. Estamos dialogando com os responsáveis para que esta obra se inicie ainda neste semestre", comenta.

Também participaram da manifestação membros da Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (APIPA) e as ONGs: Protetores de Patinhas, Guardiões dos Direitos Animais, Grupo Nossos Bichinhos e protetores independentes.

Abaixo, lista de reivindicações apresentada.

  1. Parar de imediato as mortes induzidas no CCZ.
  2. Iniciar com urgência o projeto "CASTRA MÓVEL", solução definitiva para o sofrimento dos animais abandonados.
  3. Contratar ONG especializada, para elaborar e executar projeto de conscientização da proteção animal nas escolas, sindicatos, igrejas, etc.
  4. Curso de treinamento para funcionários do CCZ, através de ong especializada em proteção animal.
  5. Intensificação da fiscalização da vigilância sanitária nos estabelecimentos que vendem animais. Comércio infame de vitimas inocentes.
  6. Proibir o trânsito de carroças na área urbana.
  7. Não recolher no CCZ animais que estão abandonados e sadios. Os doentes devem ser resgatados, tratados castrados e encaminhados para adoção.
  8. Elaborar e implantar programa permanente e eficaz para adoção dos animais resgatados e tratados pelo CCZ (encontro de adoção permanente).
  9. Recomendando que haja colaboração e boa vontade da gerência do CCZ PERMITIR O acesso dos protetores aos canis, gatis e baias.
  10. Fornecimento de ração e atendimento veterinário aos animais já resgatados das ruas por centenas de protetores verdadeiros auxiliares da prefeitura na proteção aos animais. Com amor e dedicação sem limites e sem auxílio público, estes Anjos já acolheram e cuidam diariamente e precariamente de milhares de cães e gatos abandonados e doentes e a prefeitura os trata como inimigos.
  11. Indicar um assessor para contato amistoso e permanente entre a Prefeitura e ONGs.
  12. Que a Prefeitura seja de fato uma autoridade legal para os animais e não o seu algoz. "Quem está doente precisa ser tratado e não assassinado".

Imagem: Carta PiauíImagem: Carta Piauí

Eutanásia, ou assassinato de animais sadios?

Membros da Federação de Defesa Animal do Piauí se manifestaram contra a morte de cães e gatos que, de acordo com Roseli Klein, presidente da federação, em alguns casos são sacrificados apenas para controle populacional ou porque são abandonados com alguma enfermidade que tem cura.

"A eutanásia em animais deve seguir um protocolo do Ministério da Saúde. É permitido quando os animais têm calazar ou quando estão sofrendo com alguma patologia irreversível. Porém, muitas vezes esse procedimento acontece sem necessidade. Por exemplo, quando o cão o gato envelhece e acabam adoecendo com mais frequência, e por isso são abandonados. Que tipo de educação as pessoas que fazem isso estão dando para seus filhos? Quer dizer que depois que a pessoa envelhece, fica imprestável? Procuramos fazer sempre este elo com humanos, comparando com a crueldade a qual são submetidos os animais. Hoje a gente veio vestido de preto em respeito aos animais, demonstrando luto por milhares de vidas que são eutanasiadas", disse a médica veterinária.

A veterinária acredita que a redução do número de mortes por eutanásia passa também por conscientização da população. Durante a visita técnica, representantes da federação também observaram as instalações do Centro de Zoonoses, que passou por reforma no ano passado.

"Percebemos que mudaram o chão, azulejaram as paredes, as fêmeas ficam separadas dos machos e tem um canil só para a adoção e as pessoas têm ido ao local adotar os bichinhos. Precisamos de mais melhorias e a prefeitura precisa investir mais. Outro ponto que melhorou, foi a sala para eutanásia, que antes era aberta e agora é fechada e climatizada. Além do que, os animais que vão ser sacrificados não ficam na frente dos demais. Foi um diálogo tranquilo e de bom senso com a diretora do Centro de Zoonoses", reitera Klein.

A presidente da federação ressalta que a situação irá melhorar, significativamente, com um novo Centro de Controle de Zoonoses, que deverá ser construído na Santa Maria da Codipi, também na Zona Norte de Teresina.

"O CCZ está preparado para atendimento clínico, ou seja, a pessoa pode levar um animal enfermo e doente, mas se ele precisar de cirurgia, tem que ser transferido, pois lá não tem estrutura. Nossa expectativa é que esse novo Centro seja melhor estruturado", reitera.

A Federação de Defesa Animal do Piauí reúne ONGs de todo o Estado que lutam em defesa dos direitos dos animais. Além de representantes da APIPA, Guardiões dos Direitos Animais, Anjos dos Animais Abandonados e professores, a mobilização contou com a presença da vereadora Teresa Britto.

Com informações do Carta Piauí e Cidadeverde.com

Anúncio da APIPA | 22/JANEIRO/2019

Ajude agora! Falta RAÇÃO para GATOS no Abrigo da APIPA

Amigo da APIPA, nosso abrigo está sem estoque de RAÇÃO para GATOS (quase ZERADO) e precisamos alimentar mais de 230 bichanos (adultos e filhotes). Ajude esses inocentes para que o alimento não lhes falte, fazendo a sua doação de RAÇÃO para GATOS agora, pois a fome não espera! Informações com Isabel (86) 99951-0201 e Jane (86) 99924-1818.
Veja post no Facebook

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Últimas No Piauí

Comentários

Bom dia, Luciana. Infelizmente não temos mais vaga.
Quinta, 21 Fev 2019, 9:00   
Bom dia, Aline. Infelizmente não temos mais vaga.
Quinta, 21 Fev 2019, 8:59   
Bom dia, Alexandre! Temos sim. Venha nos visitar e conhecer o nosso abrigo.
Quinta, 21 Fev 2019, 8:53   
Bom dia, eu nao moro no Brasil e ja estou proximo a viajar para o exterior,???
...
Quinta, 14 Fev 2019, 15:42   
Vcs estão tendo filhote de 6 meses medio porte ou grande porte, pode ser médio p...
Quarta, 13 Fev 2019, 8:49   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...