All for Joomla The Word of Web Design

APIPA: a luta diária para cuidar de cães e gatos carentes

Criada há 11 anos, a APIPA tornou-se uma referência quando se trata de abrigo de cães e gatos na cidade de Teresina. Com dívidas em clínicas que chegam a R$ 63 mil, a ONG hoje abriga cerca de 310 animais, entre cães e gatos, e luta diariamente para conseguir manter os animais, alguns há mais de 8 anos no abrigo e nunca conseguiram ser adotados.

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Com dívidas em clínicas veterinárias que já ultrapassam os R$ 60 mil, APIPA hospeda atualmente cerca de 80 cães e 230 gatos. Entidade trava uma batalha diária para conseguir manter os animais, alguns abrigados há mais de 8 anos.

Criada há 11 anos, a Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (APIPA) tornou-se uma referência quando se trata de abrigo de cães e gatos na cidade de Teresina. Com dívidas em clínicas que chegam a R$ 63 mil, a ONG hoje abriga cerca de 310 animais, entre cães e gatos, e luta diariamente para conseguir manter os animais, alguns há mais de 8 anos no abrigo e nunca conseguiram ser adotados.

Assista ao vídeo / TV Cidade Verde

A arquiteta Daniela Ramos está há 8 anos na ONG e atualmente é a presidente. Em entrevista ao GP1, ela explicou que mesmo trabalhando e criando dois filhos, decidiu participar de forma voluntária com o objetivo de ajudar no resgate e adoção de animais na capital.

“Inicialmente o objetivo da APIPA era mais um trabalho relacionado à Educação, com palestras relacionadas a castração e conscientização. O objetivo era esse, mas o abrigo surgiu devido a uma necessidade, pois começaram a surgir animais, que não tinham onde ficar. Começamos a recolher e, no final, uma pessoa que nos ajuda muito, que gosta muito de animais, resolveu alugar uma casa no Morada do Sol, mas ficou uma situação tão grande, que essa pessoa nos doou o terreno e através de arrecadação conseguimos erguer a APIPA”, explicou.

Além dos vários voluntários, que não recebem pagamento para ajudar no seu funcionamento, a Entidade mantém 5 funcionários com Carteira de Trabalho assinada. “Temos os funcionários, mas a maioria trabalha, então a gente faz o que pode para ajudar. Tiramos dinheiro do nosso bolso para poder fazer isso, nós usamos nossos carros para fazer os resgates, mas o que a gente faz é porque queremos muito ajudar e com fé em Deus temos conseguido”, afirmou Daniela.

Cães adultos não conseguem adoção

Hoje, entre os desafios está conseguir viabilizar a adoção dos animais adultos, o que dificilmente acontece. Isso tem impedido que a ONG recolha outros animais adultos abandonados que vivenciam situação de maus-tratos, pois apenas os filhotes ainda conseguem espaço, já que são facilmente adotados.

De 80 cães, cerca de 70 são adultos. “A gente tem uma média de duas a três adoções por dia. No final de semana é mais. Só que são muitos filhotes. As pessoas procuram muito pelos menores. As pessoas até pedem ajuda para os animais grandes, só que a gente não tem vaga. Para filhotes é mais fácil, acomodamos eles em uma gaiola, um cercadinho, e eles se dão bem, mas com os animais grandes não, quando eles entram no abrigo, muitas vezes não podemos misturar com outro e a gente está realmente sem espaço para os grandes, fora que eles entram e não saem. Tem animais que estão no abrigo há oito anos e é exatamente esse o nosso principal problema”, explicou Daniela Ramos.

Ela destacou que a APIPA não sacrifica animais, por isso eles são cuidados até que uma adoção possa acontecer. “Temos animais com deficiência e amputados. A gente fica com os animais, diferente de muitos abrigos onde eles têm prazo de dois meses e depois são sacrificados para dar entrada a outros. Só que nós não temos coragem de fazer isso. Sabemos que eles não vão sair de lá, pois requerem tratamento, despesas altas e dificilmente aparecem pessoas que sabem da situação do animal e levam para casa. A gente tem saída de animais, mas apenas dos filhotes, os mais novos, os idosos não saem. Quando as pessoas pedem para resgatar filhotes, nós ainda resgatamos, porque a gente sabe que eles vão sair, mas para adultos nós nem temos espaço”, lamentou.

Abandono de animais adotados

A APIPA toma todo o devido cuidado durante o processo de adoção, já que é necessário que o adotante preencha um formulário com várias perguntas e assine um termo de adoção responsável, mas um problema ocorrido em 2017 fez a ONG evitar as feiras de adoção.

Animais que foram adotados acabaram sumindo, gerando indignação para os voluntários integrantes da Associação. “Estamos evitando fazer feiras, porque as entrevistas são feitas rápidas e não dá para avaliar muito bem a situação. A última feira que a gente fez foi na Potycabana e vai fazer um ano e meio. A gente foi atrás desses animais e nenhum estava mais na casa dessas pessoas. Nenhum. Não sabemos que fim levou e eram todos animais adultos castrados. Eram animais que a gente estava muito apegado, que estavam com a gente há anos e nenhum dos animais estão nessas casas. Fomos fazer visitas e as pessoas dão desculpas esfarrapadas, dizendo que o animal está em outra casa e tal. Imagina a nossa frustração. Em seis meses a gente foi fazer essa procura e cinco animais não estão mais nas casas, não sabemos que fim levaram eles, por esse motivo não fazemos mais feiras. Nesses eventos os animais saem rápidos, parece que as pessoas pegam por impulso”, criticou Daniela.

Adoção com castração

A APIPA somente permite a adoção de animais castrados. Esta medida, como parte das normas para adoção responsável, visa garantir que os animais adotados no abrigo não gerem crias indesejadas, o que pode levar a futuros abandonos. Com a castração o animal não consegue se reproduzir, mas tem um aumento na sua expectativa de vida e existe uma melhora no seu comportamento.

“O grande problema hoje é que os animais não são castrados. As pessoas não têm consciência que a castração é o investimento mais barato que você vai fazer para seu animal, pois dá longevidade e mais saúde. Por isso sugerimos castrar tanto o macho, quanto a fêmea. A diferença é muito grande, eles ficam mais saudáveis. As pessoas dizem que é caro, mas alguns veterinários fazem por até R$ 60. A gente até indica. Claro que se levar em uma clínica veterinária pode chegar a R$ 500, porque cobram consulta, internação e sai um preço absurdo, mas temos pessoas que fazem para a gente barato, então indicamos”, disse.

Daniela Ramos disse que “os adultos nós só entregamos castrados, mas como não temos muitos recursos, os filhotes a gente só entrega se a pessoa fizer a castração. A pessoa até acha que a gente é chata, mas se ali na entrega a gente pede a castração e pessoa diz que vai fazer depois, a gente não entrega. No caso do gato, ele só pode ser castrado a partir dos 5 meses, então se ele tiver menos que isso, não doamos, esperamos ele ter a idade para isso”.

Para adotar ainda é necessário comprovar que pode cuidar do animal. “A gente tem um formulário a ser preenchido, que é tipo uma entrevista, com uma série de perguntas. Uma das coisas que visamos muito, é saber qual é a condição da casa, se é cercada ou murada, porque senão o animal vai fugir e acabar voltando para a gente. Fazemos uma série de exigências, mas mesmo assim não é 100%. Pedimos fotos da casa, pedimos comprovante de residência, essas coisas”, explicou.

Como as redes sociais, a APIPA tem conseguido doar os animais que não estão na ONG, que foram encontradas por outras pessoas e que procuram um lar. “Uma das nossas principais ações é postar nas redes sociais, onde acabamos doando mais, pois se uma pessoa tem uma cadela que teve cria e a pessoa quer doar, a gente posta na nossa rede social e acabamos conseguindo a adoção. Essas saem muito. Esses são os que divulgamos. Os nossos, a gente não divulga, pois é uma regra do abrigo, porque os filhotes não são castrados e só divulgamos animais do abrigo que são castrados”, disse a presidente da ONG.

Dívidas

Vivendo apenas com as doações, as despesas da ONG são em torno de R$ 17 mil por mês, contando com o pagamento aos cinco funcionários, rações, água e luz, além de uma dívida de cerca de R$ 63 mil acumulada em clínicas veterinárias, decorrentes de tratamento dos animais.

“Nem todo mês a gente consegue fechar com as nossas despesas mensais e fora que a gente tem um gasto com clínica absurdo, com dívida de mais de R$ 60 mil e vai aumentando. Não estamos podendo pagar. Para dizer que a gente não paga, na clínica Criar temos um boleto mensal de R$ 2 mil. Só que assim, pagamos R$ 2 mil, mas gastamos uns três mil. Nós recebemos animais fraturados e é uma bola de neve e não sabemos onde vamos parar, mas com fé em Deus vamos conseguir”, declarou Daniela.

Daniela Ramos concedeu entrevista ao programa Bom Dia Assembleia d dia 27 de dezembro, onde falou aos piauienses acerca das dívidas acumuladas em clínicas veterinárias e sobre a situação atual da Entidade. A presidente aproveitou o espaço para convidar a sociedade a participar no trabalho que a Associação desenvolve em prol dos animais carentes em Teresina, destacando a importância das doações para o abrigo (vídeo).

Assista ao vídeo / TV Assembleia

Ajude a APIPA

Entre as diversas formas de participação para contribuir com o trabalho assistencial da APIPA, existe uma maneira bem simples e rápida de ajudar, fazendo as doações em dinheiro por meio de transferência/depósito bancário. O amigo também pode fazer doações (online) por meio do PagSeguro.

Contas Bancárias da APIPA (doações)*

CNPJ: 10.216.609/0001-56

Banco do Brasil

Ag: 3507-6 / CC: 57615-8

Caixa Econômica Federal

Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0

Banco Santander

Ag: 4326 / CC: 13000087-4

Doações Mensais - pagamentos automáticos com o PagSeguro

Faça doações mensais à APIPA com o seu cartão de crédito, com pagamentos automáticos por meio do PagSeguro. Estamos disponibilizando ao amigo doador 3 planos de doação mensal, onde é possível optar pelos valores de R$ 15, R$ 30 e R$ 50. Ao decidir-se por um dos planos de doação, o amigo solidário será direcionado à página do PagSeguro referente ao plano escolhido, onde irá autorizar as doações mensais, de forma simples e segura. Então, escolha agora o seu plano de doação mensal e comece a fazer a diferença na vida dos bichinhos carentes assistidos por nossa Associação.

R$ 15,00
Plano 1
R$15
por mês
  • Assine o Plano 1 para doar R$ 15 mensais para o abrigo da APIPA. Assim, todo mês você vai cobrir as despesas de 1 animal durante 5 dias. Ajude a fazer a diferença.
R$ 30,00
Plano 2
R$30
por mês
  • Assine o Plano 2 para doar R$ 30 mensais para o abrigo da APIPA. Assim, todo mês você vai cobrir as despesas de 1 animal durante 10 dias. Seja solidário e faça a diferença.
R$ 50,00
Plano 3
R$50
por mês
  • Assine o Plano 3 para doar R$ 50 mensais para o abrigo da APIPA. Assim, todo mês você vai cobrir as despesas de 1 animal por mais de 15 dias. Uma atitude de amor.

Além das contribuições em dinheiro, o amigo também pode ajudar fazendo as suas doações de rações para cães e gatos, jornais, materiais de limpeza e de enfermaria (uso veterinário).

Recentemente a Apipa recebeu do Grupo Carvalho e da JSB cerca de 668 kg de ração para cães, mas ainda falta alimento para os gatos.

Ajude agora! APIPA precisa do seu apoio

Para obter mais informações, converse com:
Isabel Moura (86) 99951-0201 e Jane Haddad (86) 99924-1818

veja também

ADOTE UM ANIMAL CARENTE!

Para adotar um amiguinho em Teresina, PI, conheça o abrigo de animais carentes da APIPA.

CNPJ: 10.216.609/0001-56 | APIPA® - ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PROTEÇÃO E AMOR AOS ANIMAIS
  Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai (próximo à UNINOVAFAPI)
Teresina, PI - CEP 64073-167 -   (86) 98846-8020 -   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. -   MAPA
  Horário de visitação: das 14 às 16 horas, todos os dias, inclusive feriados.

Com informações do GP1

Classificação Geral (0)

0 de 5 estrelas

Postar comentário

Anexos

termos e condições.
  • NENHUM COMENTÁRIO POSTADO
    SEJA O PRIMEIRO!

Últimas No Piauí

Comentários

ANA
Por favor nescessito de ajuda ,mudou um ser na minha rua ,ela sai e deixa o cach...
Quinta, 21 Mar 2019, 23:54   
Oi queria saber se vcs resgata animais que estão sendo maltratados,minha visinha...
Quinta, 21 Mar 2019, 14:56   
Bom dia, você é de qual cidade? Tenho interesse!
Quinta, 21 Mar 2019, 10:31   
Me ajudem por favor.
Quinta, 21 Mar 2019, 0:30   
Olá Boa noite! Eu tenho um cãozinho e ele ta fomitando demais... Queria a ajuda ...
Quinta, 21 Mar 2019, 0:29   
Parceiros Colaboradores
  • Restaurante Tomato
  • Pet House
  • Pet of Dreams
  • Criar Centro Veterinário
  • JC Adestrador
  • Clin Pet Veterinária

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber os informativos da APIPA.
Cadastre-se agora. É gratuito!

Seja um sócio da APIPA

Associando-se à APIPA você vai estar praticando uma importante ação em benefício dos animais desprotegidos.

Seja um voluntário da APIPA

Venha colocar em prática as suas habilidades e o seu talento, em benefício dos animais carentes. Saiba como...